Estrategias de resistencia

Lançamento: “Estratégias de resistência e ataque. Pequena história da resistência feminista/queer radical desde os anos 60 até hoje”, de Alex B.

    “Estratégias de resistência e ataque” nos faz um tremendo percurso histórico e teórico pelas lutas radicais e insurgentes de pessoas trans, maricas e “bolleras” nos Estados Unidos e Europa contra aquilo que as oprime, deixando de lado a história oficial que as enquadra em meras disputas pelo poder político, para conseguir votos ou para fazer propostas legislativas. Um excelente trabalho que evita que caia no esquecimento todo o rico entorno dissidente sexual e de gênero que quer acabar com o sistema em seu conjunto, e que põe sobre a mesa interessantes debates teóricos sobre a comercialização, a identidade, a homonormatividade e nossos espaços políticos de luta.

    Se o que mais horroriza ao homo normalis, polícia do sistema hetero-capitalista, é o tomar pelo cú, isto demonstra que um de nossos prazeres mais deliciosos, o coito anal, tem dentro uma notável carga revolucionária. O que de nós as mariconas é mais criticado, contêm em si boa parte de nossa gaia potencialidade subversiva. Meu tesouro o guardo no cu, no entanto meu cu está aberto a todo o mundo…

Mario Mieli

Estrategias de resistencia y ataque. Pequeña historia de la resistencia feminista/queer radical desde los años 60 hasta hoy
Alex B.
64 páginas. Rústica 12 cm x 17 cm, 2 euros.

Tradução > Sol de Abril

Extraído de: https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/04/05/espanha-lancamento-estrategias-de-resistencia-e-ataque-pequena-historia-da-resistencia-feminista-queer-radical-desde-os-anos-60-ate-hoje-de-alex-b/